Formação Integrada para a Sustentabilidade: Guia de fundamentos e práticas (versão 1.0)

COMPARTILHE

Dentro da compreensão de que a sustentabilidade deva ser incorporada ao modelo vigente de educação, organismos internacionais, empresas e sociedade civil, passam a gerar uma demanda por uma nova proposta educacional, que dê conta dos desafios do século XXI.

Para atender a essa demanda, e complementando as intenções por trás do Global Compact, as Nações Unidas desenvolveram o PRME - Principles for Responsible Management Education, uma iniciativa que pretende que as escolas de negócio do mundo inteiro gradualmente integrem em seus currículos, pesquisas, aulas, metodologias e estratégias institucionais, os temas da responsabilidade social corporativa e sustentabilidade.

Seguindo sua tradição de pioneirismo e excelência na educação, a Fundação Getulio Vargas tornou-se signatária do PRME em 2009, e, por meio de seu Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces), criou o FIS – Formação Integrada para a Sustentabilidade, neste mesmo ano. Desde sua origem, o FIS tem sido aplicado no curso de graduação da FGV-EAESP, como uma disciplina eletiva oferecida aos alunos a partir do 5º semestre de Administração de Empresas, Administração Pública, Economia e Direito.

Entendemos que aplicações do FIS para outros públicos e contextos seja possível, ainda que adaptações precisem ser pensadas e testadas. Por isso desenvolvemos este Guia.

Guia - Anexos - Vídeo


Mais Lidos

Nenhum post encontrado.